Terra para todos


 15/10/2017 - Escrito para o Correio da Paraíba
A Igreja ilumina, com a Palavra de Deus, com a Doutrina Social, a luta do povo do campo. Nós encontramos na Sagrada Escritura a motivação do Povo de Deus, peregrino nesta terra, em busca da Terra Prometida e da realização das promessas de Deus. Nós todos somos Povo de Deus a caminho, esperando, buscando, lutando, rezando para que as coisas aconteçam de acordo com a vontade de Deus.
 
O Pai enviou seu Filho para que a terra produza frutos. E Ele foi rejeitado - sabemos que Ele foi morto crucificado. Deus espera que todos nós trabalhemos nesta terra para produzir frutos, e que os frutos sejam partilhados na justiça e na solidariedade. Quando falta a justiça, aí “tudo vai de água abaixo”. Quando falta o espírito de solidariedade, falta união nas pessoas e aí nada funciona também. Aí a luta vai consistir na vitória dos mais fortes, daqueles que tem mais poder, e os mais fracos sempre saem perdendo. Por isso, o critério da justiça é permanente na caminhada do Povo de Deus - o respeito ao outro, à dignidade do outro - e essa justiça nós vamos construí-la unidos, como irmãos de caminhada, como homens e mulheres que necessitam dos mesmos frutos produzidos por todos.
 
O Filho de Deus pagou o preço da nossa vida e da nossa salvação. Foi rejeitado e incompreendido. E essa história repete-se. Quantos irmãos e irmãs pagam o preço da própria vida por causa da luta por um mundo melhor, por um mundo mais justo, para defender a terra para todos!
 
Que a Palavra de Deus nos inspire para sermos mais humanos, justos, companheiros, irmãos, mais fraternos. Que no nosso coração não haja sentimentos de ódio, de vingança, mas que saibamos nos unir, em vista daquilo que é de todos. E o que é de todos é a terra. Infelizmente, no nosso País, a terra não tem sido de todos, mas Deus a criou para todos. Por isso, a organização comunitária, social, a organização sindical deve existir para que a terra chegue para todos e que todos possam trabalhar nela, e tirar o sustento para a sua vida, os seus filhos, para a sua família.
 
Quando nós dizemos na Igreja: Comissão Pastoral da Terra, é porque essa Comissão inspira-se no Evangelho, na Palavra de Deus, e procura fazer aquilo que Jesus Cristo nos ensinou. Esperamos, como filhos de Abraão, a realização das promessas divinas. E essas promessas são de dias melhores, de terra para todos, terra boa, abundante, que produza frutos para todos. Esse sonho e essa conquista chegam através da organização e da união dos trabalhadores, através da fé na Palavra de Deus.

Dom Manoel Delson
Arcebispo Metropolitano da Paraíba

  •  Endereço: Palácio do Carmo - Praça Dom Adauto, s/n
    Centro - João Pessoa (PB)
  •  Fone:(83) 3133-1000
  •  E-mail: curia@arquidiocesepb.org.br
Twitter

© Mitra Arquidiocesana da Paraíba – Todos os direitos reservados